quinta-feira, 17 de setembro de 2015

BIKE TO WORK

Apresento-vos a... Bem, a verdade é que não sei o nome desta senhora.
Comecei por pensar que "era guito mal gasto numa bike daquele tipo", mas pronto cada um sabe o que faz como seu, certo?
 Os dias passam-se, e "a maluquinha" do costume lá vai passando. Uma coisa reparo, é que ela vai sempre de sorriso na boca, e mais.... Cumprimenta outros ciclistas. Coisa rara nos dias que correm amigos, acreditem nisto.

 Uma vez ou outra até eu faço gazeta aos pedais, e nesses dias sabem qual é a pior coisa que me pode acontecer? Ver a minha amiga sorridente, e sempre a pedalar. Comecei com o tempo a pensar que era mais uma que aderiu a este tão afamado e maldito meio de transporte.
Todos os dias, as caras que vejo são as mesmas. Lá aparece uma ou outra nova e tal, mas dura pouco, pois lá descobrem que aquilo de dar aos pedais cansa, e lá retomam ao carro, ou lá o que for.

 Certo dia, chovia, mas chuvia daquela maneira que chegamos á empresa com a alma molhada. Ao passar na zona do aeroporto, quem vejo eu???? É verdade, a minha amiga de novo. A primeira coisa que fiz foi olhar para a sua mão, mas já tinha aliança, caso contrário iria pedi-la em casamento mesmo. Confesso que comecei a ganhar "aquele" respeito pela senhora. Ver um xanfrado como eu, ainda aceito, agora uma mulher casada e mãe de filhos (sim, ela disse-me), nos dias de hoje... Já tinhas idade para ter juízo mulher!!!!

 Muitas vezes tenho esta conversa com amigos meus, mas desanimo. O resultado é sempre o mesmo. Não passo de um otário que gosta de se armar em ciclista no meio dos carros.
Adorava, não ver mais malta a usar a bicicleta como meio de transporte, mas sim que algumas mentalidades mudassem. Mas não adianta, somos tão quadrados que por vezes não queremos ou nem nos damos ao trabalho de aprender algo mais além.
Para terminar, não se esqueçam de que dia é amanhã....

! ! ! . . . BOAS PEDALADAS . . . ! ! ! 

2 comentários:

Hugo Cardoso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hugo Cardoso disse...

Caros amigos,deixo aqui também o meu comentario sobre esta dita sra pois é bem verdade este facto
de ir para o trabalho de bike tambem passo por ela e as vezes até brinco com a situação.Pois vocês não imaginam a satisfação da sra com que gosta que a abordem pelo facto de ir trabalhar de bike .E posso vós dizer que me sinto invejado,sim invejado não pelo facto de ela ir de bike,mas não ter o mesmo espírito . À pois é para quem me conhece sabre bem que me fazia! ! ! Mas enfim o comodismo é bem melhor,e eu por mim falo.